O INÍCIO DE UMA CARREIRA DE SUCESSO

Turma Medicina 2012
  • ELITE:

    Quais vestibulares você prestou? Para qual carreira?

  • Isabela:

    Prestei os vestibulares da USP, UNICAMP, UNESP, UNIFESP, além do ENEM. Em todos concorri à vaga no curso de medicina.

  • ELITE:

    Em quais vestibulares você foi aprovada?

  • Isabela:

    Fui aprovada UNICAMP, FAMERP e UFCSPA. No meio do ano de 2012 também fui aprovada em engenharia de produção na UNESP.

  • ELITE:

    Você está satisfeita com o seu resultado no Vestibular? Por quê?

  • Isabela:

    Estou extremamente satisfeita com meu resultado. Primeiramente porque consegui dar um dos passos mais importantes para a realização de meu maior sonho: a medicina. Além disso, consegui, em um dos cursos mais concorridos de hoje em dia, a tão sonhada vaga em universidade pública. Para mim, não há satisfação maior.

  • ELITE:

    Explique como era seu método de estudo? Quantas horas você estudava por dia ou por semana?

  • Isabela:

    Estudava diariamente, de segunda a segunda, inclusive aos finais de semana, feriados e férias de julho. Procurava sempre manter a matéria em dia, fazia o máximo de exercícios possíveis das listas, e qualquer dúvida que surgia durante meus estudos, eu anotava e as tirava o quanto antes. É claro que nem sempre eu conseguia dar conta de toda a matéria do dia, sobretudo nos dias em que havia aulas à tarde e simulados de redação. Mas eu me organizava para saber o que ainda não tinha sido estudado e, quando sobrava um tempinho, corria atrás dos atrasos. E esse método funcionou: assim que começou o período de revisão, eu praticamente não tinha nenhuma matéria atrasada, o que fez com que eu pudesse me dedicar integralmente à revisão. Outro fator imprescindível foram os resumos que fiz durante o ano todo: a cada matéria nova dada em sala de aula, eu chegava em casa e fazia resumo. Assim, a cada “sobra de tempo” eu lia esses resumos, assim como quando surgiam dúvidas em exercícios. Com relação ao número de horas estudadas, além do período de aulas, estudava 8 horas por dia (exceto aos sábados, quando tirava o pouco de tempo que sobrava depois dos simulados para descansar).

  • ELITE:

    Em quais matérias você teve que batalhar mais? Por quê?

  • Isabela:

    Batalhei bastante em História e Geografia, pois sempre foram matérias que eu tinha menos afinidade e, portanto, mais dificuldade. Também batalhei em Matemática, não por dificuldades em si, mas devido ao alto nível de aprofundamento da matéria no ELITE (não entendam como uma crítica o alto nível de aprofundamento a que me referi; pelo contrário, esse é o diferencial do ELITE e muito importante para que nós, alunos, cresçamos em nosso desenvolvimento intelectual...E é isso que faz com que as provas de vestibulares sejam vistas como “tranquilas e até simples” pelos alunos ELITE).

  • ELITE:

    Você fazia todos os simulados? Como era seu desempenho nos simulados?

  • Isabela:

    Durante o ano, deixei de fazer apenas um dos simulados. Sempre que corrigia um simulado em casa, achava que meu desempenho estava muito ruim, entretanto, quando saía o ranking de classificação, percebia que tinha ido bem. Isso porque os simulados do ELITE têm um alto nível de complexidade quando comparados aos vestibulares.

  • ELITE:

    Descreva como você enxerga hoje os simulados no ELITE.

  • Isabela:

    Hoje, agradeço muito aos professores pelas questões difíceis, longas e “impossíveis” de serem resolvidas nos simulados. Isso porque, quando você vai pra valer prestar um vestibular, percebe que as questões não são tão difíceis e complexas quanto às do ELITE, o que traz tranquilidade na hora da prova. Os simulados semanais são essenciais e fazem a diferença na aprovação de um aluno.

  • ELITE:

    Você usava o plantão de dúvidas? Comente.

  • Isabela:

    Utilizei muito o plantão de dúvidas. Confesso que conheço todos os plantonistas, de todos os dias da semana, de tanto que eu ia pedir socorro a eles quando surgiam dúvidas. Foram muito importantes para o aprimoramento de meus conhecimentos durante o ano.

  • ELITE:

    Quais foram as principais dificuldades que você enfrentou nos estudos? E na sua preparação de uma forma geral?

  • Isabela:

    A principal dificuldade foi determinar o quanto deveria estudar, no sentido de saber se o que eu estava estudando era suficiente ou não. Mas isso foi sendo resolvido com o tempo, quando passei a distinguir melhor minhas facilidades e minhas dificuldades.

  • ELITE:

    Qual foi a sensação ao ver seu nome na lista dos aprovados?

  • Isabela:

    Não sei se consigo descrever o que senti quando vi meu nome na lista de aprovados. É uma sensação de alívio, satisfação, um sentimento de “missão cumprida” (embora ela só esteja começando!)...Com certeza foi o dia mais feliz da minha vida até hoje!

  • ELITE:

    Em sua opinião, quais foram as principais contribuições do ELITE para a sua aprovação?

  • Isabela:

    Dentre as inúmeras contribuições do ELITE, destaco a orientação de estudos como um todo. As palestras em sala de aula e as orientações individuais me fizeram corrigir meus erros, acreditar no meu sonho e batalhar por ele. Os simulados semanais e os plantões de dúvidas diários também tiveram grande relevância. Essas são algumas de muitas contribuições, as quais merecem meu destaque por nunca ter encontrado algo semelhante em qualquer outra escola ou cursinho.

  • ELITE:

    Em sua opinião, quais foram seus maiores erros e os seus maiores acertos em relação aos estudos no ano passado?

  • Isabela:

    Meu maior erro foi ter deixado um pouco de lado os exercícios de português e interpretação de textos, dando maior importância a outras matérias. Os maiores acertos foram ter feito um grande número de simulados e de redações, além dos resumos diários que eu fazia. Isso tudo contribuiu muito em minha aprovação.

  • ELITE:

    Deixe seu recado, sugestão ou conselho para os futuros alunos do ELITE.

  • Isabela:

    O que dizer para os futuros alunos que, assim como eu, escolheram o ELITE para auxiliá-los na concretização de um sonho? Não escondo que será um ano difícil, de muita luta, durante o qual a “vida social intensa” (a qual muitos já estavam acostumados) vai ter que ser deixada um pouco de lado e os livros e apostilas se tornarão os maiores companheiros. Também não posso deixar de mencionar que os simulados serão difíceis (às vezes “quase impossíveis”), que as aulas serão densas e aprofundadas, e que haverá infinitos exercícios para serem feitos em um período de tempo relativamente curto. Ao longo do ano, com certeza passará pela cabeça de muitos a seguinte pergunta: “Será que vai valer à pena?” E eu, que também me questionei sobre isso, hoje posso responder: não há alegria maior do que ver todo seu sacrifício recompensado com o seu nome na lista de aprovados de um vestibular. TUDO vale à pena quando se acredita! Por isso, aos futuros alunos devo aconselhar que aproveitem ao máximo tudo que o ELITE oferece, plantões, simulados, aulas extras... corram atrás do sonho de vocês, que a recompensa virá!

  • ELITE:

    Deixe seu recado para os professores, coordenadores, diretor e/ou demais funcionários do ELITE.

  • Isabela:

    Não há palavras que expressem minha gratidão pela equipe ELITE. Todos, de maneira direta ou indireta, foram fundamentais para minha aprovação e realização de meu sonho. Se contabilizar todo o tempo que passei dentro do ELITE no ano de 2012, com certeza será um número muito superior ao tempo em que fiquei em minha própria casa; por isso, para mim, o ELITE foi uma espécie de “FAMÍLIA”: ri junto com muitos, mas também chorei e desabafei para outros; fiz inúmeras amizades com profissionais das mais diversas áreas do ELITE (professores, plantonistas, recepcionistas, monitores...), o que gerou dentro de mim um carinho enorme por cada um.


BOLSAS DE ESTUDOS


Logo ELITE PRÉ-VESTIBULAR Logo ELITE PRÉ-VESTIBULAR

Informe-se aqui

CADASTRE-SE E RECEBA DICAS PARA O ITA EM SEU ENDEREÇO

Atenção: Edição limitada.

Cadastre-se aqui


siga o elite

Rua Luís Otávio, 2535, Mansões Santo Antônio - Campinas - SP